Os 10 piores alimentos do mundo

Os 10 piores alimentos do mundo:   Quem não ama uma lista? Se for sobre alimentação e dicas de vida saudável, melhor ainda. Por isso, vira e mexe, saem novas listas das comidas que mais emagrecem, mais engordam, mais fazem eliminar gordura ou ainda as mais saudáveis. A última – não tão inovadora, mas a gente gosta do mesmo jeito – listou os 10 piores alimentos entre todos.

Claro que já podemos adivinhar alguns deles, e deduzir que, no mínimo a maioria, são industrializados. Quem a organizou foi a nutricionista Michelle Schoffro Cook, que levou em consideração não só os prejuízos na questão estética, mas os malefícios à saúde.

Os 10 piores alimentos do mundo, são :

10º. Sorvete. Ela admite haver versões mais naturais e saudáveis, mas o problema reside no alto teor de açúcar e gordura trans nos sorvetes industrializados. Eles ainda possuem corantes e saborizantes, que possuem neurotoxinas, uma substância química que pode causar danos no cérebro e no sistema nervoso. Eu, hein!

9º. Salgadinho de milho. Normalmente os Elma Chips da vida são esquecidos em outras listas, mas nesta o salgadinho de milho pega o nono lugar. Isso por seus altos níveis de gordura, já que são fritos em óleo (hoje já existem opções assadas) e por causar flutuação dos níveis de açúcar no sangue.

8º. Pizza. Ah, a pizza, chegamos a ela! A boa notícia é que, segundo a nutricionista, nem todas são ruins para a saúde. As prejudiciais mesmo são as congeladas, encontradas em supermercados, que são feitas de massa artificial, farinha branca e muitos e muitos conservantes.

7º. Batata Frita. Confesso que me surpreendi com esse modesto sétimo lugar, jurava que a deliciosa batatinha frita ficaria em primeiro (para alívio da galera!). Mas ela não escapa: possui gordura trans e, o pior, uma substância cancerígera, a acrilamida, que é formada quando batatas brancas são aquecidas em alta temperatura. Seu teor gorduroso também pode causar problemas cardíacos, sobrepeso, inflamações, etc.

6º. Salgadinho de batata. Batata de novo? Segundo a nutricionista, eles somam todos os problemas causados pela batata frita ao fato de conterem maiores níveis da acrilamida, a tal substância cancerígena.

5º. Bacon. Meio óbvio que ele é gordura (deliciosamente) pura, né? Enfim, seu consumo diário pode aumentar o risco de doenças cardíacas, diabetes e ainda danificar o pulmão.

4º. Cachorro quente. Outra surpresa. Jamais pensei que um simples hot dog fosse tão prejudicial. O problema é a salsicha, carne processada que aumenta o risco de surgimento de câncer de pâncreas. Ela também contém nitrito de sódio, que – adivinhem – é uma substância cancerígena.

3º. Donuts (ou rosquinhas). Dessa a gente se livra, afinal, são mais comuns nos EUA. Mas se alguém é fã da gostosura, fique esperto: 35% a 40% da composição dos donuts é de gordura trans (uau, essa até eu fiquei de queixo caído!). Nem preciso continuar que elas ainda possuem açúcar demais, conservantes demais e calorias demais – 300 calorias cada.

2º. Refrigerante. Estamos chegando à reta final. Além dos refrigerantes conterem muito açúcar e conservantes, eles são muito ácidos. Segundo a nutricionista, são necessários 30 copos de água para neutralizar a acidez de apenas uma lata de refri! Isso é um perigo para os rins e para os ossos.

1º. Refrigerante diet. Estranho a versão diet ser pior do que a normal, né? E estranho ele ser o pior de todos os alimentos! Mas os argumentos da nutricionista é que os refrigerantes diet, além de possuírem todos os problemas dos normais, ainda contêm uma substância chamada aspartame, relacionada a uma série de doenças, como ataques de ansiedade, depressão, tontura, compulsão alimentar, enxaquecas, hiperatividade, perda de visão, cãibra, e aí vai.

Alguém mais estranhou, e ficou aliviado, de que chocolate não entrou na lista dos 10 piores alimentos do mundo?  E o que acharam?  Vão parar de consumir algo depois disso?  Duvido, hein?

 Clique aqui para voltar a página inicial.