Onde estão os verdadeiros bandidos?

Meu amigo minha amiga, vamos combinar. Você conhece algum ladrão ou marginal que esteja preso em qualquer cadeia de Santa Catarina, alguns há muitos anos, que tenha roubado mais do que os senhores políticos e empresários envolvidos na lava jato e outros, acusados de roubar milhões dos cofres públicos. 

Dá para dizer, sem medo de errar, que Os verdadeiros bandidos não estão na favela, na periferia ou qualquer cidade pequena onde pensamos que eles estão. No rio de janeiro, por exemplo, três ex-governadores estão presos por corrupção, sendo um deles acusado de desviar R$ 300 milhões; o presidente da Alerj e mais dois deputados são presos por suspeita de favorecimento a empresários com desvios de R$ 183 bilhões e ainda com um governador em exercício sendo investigado, sem falar em senador que pediu dois milhões de propina, presidente que pode ter recebido propina segundo denuncias e por ai vai.

Tudo isso é mais do que suficiente para se compreender que os bandidos deste país não estão nas favelas e nas periferias. Aliás, estão bem longes e distante da realidade desses locais, pois estão ocupando as mais luxuosas coberturas das grandes cidades e, pasmem, as vezes bem aqui perto de nós e, boa parte deles passeando com seus jatinhos, seus carrões, barcos e outros. E pior, eles conseguem dormir.

Não há mais como tolerar os cidadãos preconceituosos com os moradores de favela. Pessoas que acham que aqui estão nas favelas todos os problemas da cidade. Na verdade, o que o Brasil vive é a prova concreta de que os bandidos estão de paletó e gravata, matando com suas canetas e desviando bilhões de reais, afundando o país e as nossas cidades, deixando os pobres cada dia mais pobres.

É verdade que algumas prisões vêm sendo feitas mas não há muito o que comemorar, pois já sabemos que são temporárias e o pior de tudo, estes presos continuam usufruindo de todo o luxo, fruto de um dinheiro que hoje faz muitos cidadãos passarem fome. A justiça nunca acontecerá enquanto os bens dos saqueadores não forem de fato recuperados, e enquanto eles não pagarem, por seus crimes como os outros presos, sem privilégios.  Por essas e outras convidamos você a refletir conosco: existe algum preso nessas cadeias de nossa cidade que tenha roubado mais que esses senhores?. Você acha que não, é obvio. Tem razão.

 

Clique aqui para voltar a página inicial.