Dicas para trabalhar em casa (Home-Office)

Dicas para trabalhar em casa (Home-Office)

Muitas pessoas sonham em ter um escritório em casa e trabalhar, ali, no recesso de seu lar. Fazer seu próprio horário, não precisar sair e se estressar com o trânsito e o calor, sair no meio do expediente para resolver algum problema… É, realmente é muito bom. Mas será possível alcançar o sucesso trabalhando em casa? Sim, é possível, mas alguns cuidados devem ser tomados para que seu trabalho seja eficiente e produtivo.

É preciso, antes de mais nada, ter um ótimo planejamento, ser bastante disciplinadoorganizado e ter flexibilidade suficiente, para se propor e cumprir regras e horários que devem ser estabelecidos. Caso contrário você pode não separar os problemas domésticos, o que pode comprometer seu rendimento. Aliás, você deve estipular um horário de trabalho, de preferência que esteja de acordo com o que a maioria das pessoas trabalha, para ficar mais fácil quando precisar entrar em contato com alguém e vice-versa.

Identificar o período do dia em que você é mais produtivo é uma boa ideia. Assim, você pode adaptar seus horários e concentrar nessas horas as principais tarefas a serem desenvolvidas. E lembre-se de sempre cumprir prazos! Não é porque está em casa que os clientes vão aceitar que você não os cumpra. Ao combinar datas para a entrega de trabalhos, monte um cronograma, estipule prazos e metas e cuide para que seu planejamento saia de acordo com o prometido.

O ideal é ter um ambiente separado para o trabalho, que seja organizado, prático, silencioso e, principalmente, respeitado pelos outros moradores da casa. Este limite é bastante importante, pois eles devem entender que quando você estiver trabalhando, eles só devem interrompê-lo se for algo realmente urgente.

Ter um telefone separado para seu escritório é bastante positivo, assim, somente você, com postura profissional, terá acesso a ele. E falando em ligações, ter uma secretária eletrônica ou um identificador de chamadas é outra boa dica, para que você possa retornar uma ligação importante que não atendeu.

Comprar uma agenda – e usá-la – e fazer uma lista de tarefas é excelente para você se programar e até memorizar o que tem que fazer. Marque todos os seus compromissos. Se achar que vale à pena, anote os compromissos e organiza-se para a semana inteira, assim, se sobrar um tempinho e você puder adiantar alguma tarefa – o que também é uma boa –, você já sabe o que tem para fazer.

E não se esqueça de separar momentos do dia ou da semana para cuidar das atividades domésticas e para o lazer. E faça-os somente nesses horários. Monitore-se! Assim você não corre o risco de “dar uma escapadinha durante o expediente” para ir ao supermercado ou brincar um pouco com seu filho. Também não se esqueça de reservar um tempinho do dia para descansar um pouco. Esta pausa é primordial para você relaxar e continuar produtivo o resto do dia.

Blogueiro mais que uma profissão, um negócio

Hoje em dia, alguns blogueiros chegam a lucrar bem mais que empresas físicas.

Em algum tempo ser blogueiro era como um hobbie e nos tempos atuais passou para status de profissão, mas agora, ter um blog (ou vários blogs) está sendo considerado empreendedorismo, e traz consigo o tão sonhado “home office” – escritório em casa – mas o trabalho não é feito somente em casa, ele pode ser também feito nas ruas, parques, shoppings e por onde achar plausível para a produção de conteúdo.

Além de manter o foco no que o blog vai abordar como assunto, é preciso ficar atento na atualização de tópicos, bom layout, saber de SEO, plataformas de hospedagens e outros… o blogueiro deve pensar como empresário e além do mais proteger a sua marca, afinal, blogs são marcas e investir na comunicação visual também faz toda a diferença.

É sabido que tem blogueiro ganhando dinheiro e até lucrando mais que algumas empresas. Quando dizem que ser blogueiro é ser empreendedor não é falácia é a verdade absoluta da atualidade. Mas é certo que alguns blogs não faturam ou se quer são considerados empresas. No início para fazer o blog “bombar”, deve-se investir tempo e dinheiro, dedicar bastante ao projeto é quesito fundamental, como qualquer outro empreendimento.

O CEO e fundador da agência NAMP!, Xerxes Marques, 30, dá a sua opinião sobre o que é ser blogueiro hoje em dia e como os produtores de conteúdos independentes lucram com este tipo de trabalho que é braço direito do marketing digital “Na minha opinião, ser blogueiro nos tempos atuais é ter uma atividade onde alguns conseguem viver apenas de seus blogs, fazendo disso uma profissão. Viver de blog não é tão fácil quanto parece, existe uma certa “glamourização” da atividade hoje. Para ter sucesso você precisa ter conhecimento, saber passar para o público que entende dos temas abordados e ter domínio naquilo em quer transmitir. Na verdade existem “dois formatos” para blogs, aqueles institucionais em que as empresas tem como objetivo manter a sua presença junto a seus clientes, e existem os blogs autônomos que produzem conteúdos independentes e buscam manter-se de forma única com uma comunicação e marketing individual”, explica.

Xerxes, também comenta como as empresas podem aprender com os blogs. “Sobre ganhar dinheiro… um blog tem poder para ser um forte ferramenta na criação de receitas de uma companhia. O custo de investimento em uma estratégia que envolva blogs é baixo, por isso é essencial em um trabalho de marketing para micro e pequenas empresas”, expõe.

E a relação dos blogs com o marketing digital? “O blog é um dos instrumentos mais importantes em um plano de marketing digital. O poder de alcance a consumidores em muitos dos casos é determinante. Nas decisões de compra é importante o trabalho de expansão e valorização de marcas, além claro de ser um forte canal de informação aproximando mais o cliente da marca”, finaliza.

Um outro ponto que deve ser observado é que essas páginas pessoais tendem a contratar empresas do ramo de SEO (do inglês,SearchEngineOptimization), – também se refere a indústria de consultoria, que trabalha na otimização de projetos e websites de seus clientes. E desta forma os blogs acabam ficando melhores posicionados no ranking de busca do Google. Hoje esse tipo de serviço é fundamental, quem aplica esse mote nos sites pessoais acaba conseguindo mais leitores e parceiros, com isso ganha mais visibilidade nas pesquisas online.

O número de blogueiros ou bloggers vem crescendo cada vez mais, de acordo com pesquisas feitas no Brasil existem cerca de 100 milhões de blogs e quase metade dos internautas brasileiros acessam esse tipo de site atualmente. Ou seja, a profissão blogueiro só tende a crescer, inovar e ensinar como trabalhar de forma independente.

É como assar um bolo. Há diversas receitas, umas melhores que outras. Diversos ingredientes, uns caros e extravagantes e outros baratos. Algumas pessoas ficam pesquisando por um longo tempo quais as melhores formas de fazer o bolo. Mas enquanto não misturam os ingredientes e os assam, não terão o produto final para vender. Ou seja, planejar é importante, mas o que fará seu negócio em casa obter sucesso é colocar as mãos na massa e trabalhar.

Quando você quer arranjar um emprego, você envia um currículo, prepara-se para a entrevista e mostra serviço depois de contratado. Para trabalhar em casa, você consegue uma licença, distribui cartões de visita, faz parcerias montando sua networke coloca as mãos na massa, assa o bolo, e tem que fazer a coisa funcionar trabalhando com afinco.

Bem, agora que você está preparado para trabalhar em casa, que tal iniciar seus contatos e dedicar-se à sua nova rotina?

Clique aqui para voltar a página inicial.